Agua Para Orquideas : não afogue a flor!

Agua Para Orquideas : NÃO AFOGUE A FLOR!

 

Agua para orquideas é essencial para mantê-las com vida, mas é preciso ter muito cuidado, pois o excesso de água faz muito mal para as raízes e pode afoga-las.

Todas as pessoas que iniciam o cultivo de orquídeas rapidamente se apaixonam por essa flor tão veja como regar orquideas única. A beleza da orquídea é delicada e encanta a cada dia, proporcionando uma enorme satisfação para os cultivadores ao verem elas florescerem. Mas como regá-las corretamente para que permaneçam lindas e florescendo?

Saber como funciona as regas das orquídeas é fundamental, assim como podem se afogar se receberem muita água, também podem morrer pela falta dela. O primeiro passo é conhecer bem a sua orquídea por que isso influencia na rega. Cada espécie precisa de quantidade especifica de água e também da frequência de regas adequada.

Algumas orquídeas necessitam de mais regas, enquanto outras precisam de menos. Por exemplo, a orquídea phalaenopsis não possui pseudobulbos, então a rega pode ser realizada apenas quando o substrato estiver quase seco. Nas Cattleyas as regas podem ser feitas apenas quando estiverem completamente secas, pois elas possuem pseudobulbos que armazenam água. As vandas por sua vez preferem as regas com um borrifador sem molhar as flores.

Enfim, cada uma possui suas peculiaridades, mas no geral, as orquídeas precisam de água em equilíbrio. Um teste prático para auxiliar é colocar o dedo cerca de dois centímetros de profundidade no vaso, caso ainda esteja úmido é melhor evitar uma nova rega.

Nos dias de rega da sua orquídea, regue generosamente, para que a planta tenha a umidade necessária até a próxima rega que receber. Para saber a quantidade correta que cada espécie de orquídea necessita, preparamos um guia explicativo de cada orquídea. Receba gratuitamente, basta nos informar seu e-mail abaixo:

 

Regar orquídea corretamente prolonga a vida da planta

Regar orquídea com as quantidades exatas é um fator de extrema importância para o desenvolvimento das raízes. Se as plantas receberem água excessivamente podem se afogar, mas é possível aprender as quantidades corretas. A partir do momento que o cultivador compreende a importância das regas e como fazê-las, se torna muito mais fácil.

Uma maneira de beneficiar a saúde das orquídeas é estipulando uma rotina de regas, assim aprenda como não deixar sua orquidea secafacilmente as orquídeas se adaptam. Uma dica muito valiosa é criar o habito de regar a orquídea no período da manhã. Isso porque as raízes têm o dia inteiro para absorver a água, enquanto a noite é mais difícil de acontecer, já que normalmente as noites são mais úmidas.

Falando em umidade, o clima também influencia nas regas já que em dias chuvosos há muito mais umidade no ar, onde não se faz necessário tantas regas. Já em dias mais secos as orquídeas precisam de uma quantidade maior de água.

Além disso, é recomendado mergulhar o vaso com a orquídea dentro de um balde de água uma vez por mês. Para que a orquídea não fique prejudicada é essencial que o vaso da planta tenha furos laterais para que a água escorra.

Saiba também respeitar o tempo de descanso entre as florações, nesse período a orquídea não carece de tantas regas.

Bem, o grande desafio é: qual a quantidade correta de água que a sua espécie de orquídea precisa? Para lhe ajudar, disponibilizamos um passo a passo gratuito de como regar as principais espécies de orquídeas. Informe seu e-mail abaixo e receba o seu passo a passo gratuitamente:

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Previous post:

Next post: