Cultivando orquideas sem água?

Cultivando orquideas sem água?

 

Cultivando orquídeas você perceberá que é impossível deixá-las sem água, aos poucos elas começarão a ficar secas, as flores irão cair e a planta ficará tão debilitada que não irá sobreviver.  Muitas pessoas ficam em dúvida em relação a quantidade correta de água que as orquídeas precisam pois não é raro encontrar conselhos de que as raízes não podem estar molhadas.  Mas como fazer para descobrir a quantidade ideal?

É muito importante você saber que sem água é impossível sua orquídea sobreviver, porém com água demais também é impossível. Isso as orquideas precisam de rega com moderaçãoporque a orquídea não gosta dos excessos. Essa é uma regra praticamente geral, mas é preciso ter cuidado e analisar qual é o tipo de orquídea que você tem.

Algumas espécies de orquídeas possuem pseudobulbos que armazenam a água e as mantêm hidratadas por mais tempo, eliminando a necessidade de regas frequentes. Já outras espécies não possuem pseudobulbos e acabam precisando de regas mais vezes durante a semana.

Mas o que são pseudobulbos mais especificadamente? São um tipo de caule aéreo que serve também como armazenamento de água, os formatos e tamanhos variam de acordo com cada espécie. Então, esse é um fator que precisa ser levado em consideração no momento da rega. Mais abaixo deixaremos um material com as espécies que precisam de mais ou menos água.

A água para as orquídeas  precisa ser uma água limpa. Muitos cultivadores iniciantes, por não terem ainda tanta experiência no assunto, imergem os vasos de orquídeas todos na mesma água. Mas isso não pode acontecer, pois se uma das orquídeas estiver com algum fungo ou bactéria, pode acabar transmitindo para as outras através da água da rega.

As orquídeas são muito variadas, às vezes um pequeno detalhe pode ser fatal. Mas não são impossíveis de cuidar, elas só precisam que o cultivador conheça as características da flor. Por exemplo, uma orquídea que vive em um lugar que possui o clima constantemente úmido, não pode receber regas com frequência. Isso pode acarretar no apodrecimento das raízes e em muitos casos impossibilita a planta de continuar vivendo.

Então, para que suas orquídeas recebam a quantidade correta de água e vivam por mais tempo, veja as características da espécie. Preparamos um passo a passo exclusivo sobre o tratamento de cada tipo de orquídea, inclusive ensina qual a quantidade ideal de regas.

Para receber esse passo a passo, basta informar o seu e-mail logo abaixo. São muitos anos de experiência com orquídeas resumidos nesse passo a passo para que você aprenda em poucos dias tudo sobre o cultivo de orquídeas:

 

 

Como regar orquídeas corretamente?

 

Regar orquídeas corretamente é um desafio para muitas pessoas, nem sempre é fácil acertar de primeira. É necessário mesmo passar por um período de adaptação até que você e sua orquídea consigam se acertar, uma vez que o clima de sua região e a estação do ano influenciarão no processo.

Mas é bom tomar alguns cuidados para que durante esse período a sua orquídea não se as regas de orquideas precisam ser moderadas danifique a ponto de não conseguir mais se recuperar.

Assim como o ser humano não consegue viver sem a água, as orquídeas também não conseguem. E também como o ser humano, as orquídeas dão sinais de desidratação.

Quando as folhas das orquídeas começam a murchar ou ficam com aspecto de queimadas, pode ser um sinal de que está faltando água.

Alguns fatores podem contribuir para que as orquídeas sequem mais rapidamente. Como por exemplo, se no vaso tiver um substrato novo ele secará mais rápido justamente por ser novo, já os substratos mais velhos demoram mais tempo para secar.

O clima do local também tem grande participação, em lugares quentes, a atenção com as orquídeas precisa ser redobrada, pois o calor seca a água muito rápido.

Um dos segredos das regas bem-sucedidas é a moderação, é dar para as orquídeas o tempo necessário para que absorvam a água completamente. Então monitorar as plantas e conhecer bem a cada espécie faz com que os acertos sejam garantidos.

Quando se trata de regar uma orquídea é recomendado buscar informações corretas sobre a espécie em questão, pois não existe uma regra que se aplique a todas as orquídeas. Assim como nem todas as pessoas podem beber a mesma quantidade de água, as orquídeas também são únicas.

A rega é um dos principais assuntos que exigem atenção do cultivador, porque pode ser responsável tanto pela qualidade de vida da orquídea, como pode prejudica-la fatalmente. E por causa disso, preparamos um passo a passo especial, para que você possa regar suas orquídeas corretamente e mantê-las sempre saudáveis. Receba gratuitamente o seu, basta inserir o seu e-mail a seguir:

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Previous post:

Next post: