Ganhei uma orquidea e agora

Ganhei uma orquidea e agora

 

Ganhei uma orquidea e agora? As orquídeas são flores que estão cada vez mais conquistando o coração de todas as pessoas. Não é à toa que muitas orquídeas são dadas de presentes às pessoas queridas. Justamente por possuírem uma beleza encantadora e charmosa, acabam transformando o ambiente em que estiverem. Além de um espaço mais colorido, as orquídeas também são capazes de impactar no humor das pessoas que passam por ela.

Contudo, sabemos que muitas pessoas que ganham orquídeas de presente acabam tendo dificuldades e dúvidas na hora de iniciar o cultivo e também cuidar dessas magníficas flores. Você já tem suas dúvidas a respeito, não é mesmo?

Existem algumas informações que qualquer pessoa deve procurar, tanto quem vai dar a flor presente, quanto quem a recebe. Algumas perguntas básicas são como qual exatamente o clima de sua região e também qual é a espécie da orquídea. Visto que a quantidade de espécies é enorme e cada uma possui necessidades e cuidados diferentes é primordial conhecer bem a plantinha que você está lidando.

Ganhei uma orquidea e agora o que devo saber

Quando ganhamos uma orquídea de presente, logo pensamos que é apenas uma questão de cuidado a partir de agora para que ela continue e saudável e florindo. Na verdade, não. A primeira coisa a ser feita é descobrir a espécie de sua nova orquídea para, então, verificar se esta espécie se adapta bem à localidade onde você mora, tendo em vista a umidade, como são as estações e também em que ambiente você vai cultivar a orquídea.

Após identificar a espécie da sua orquídea, deve-se saber como que o clima da região funciona, é a hora de iniciar o plantio. Aqui tem mais alguns cuidados essenciais que se deve ter, pois qualquer erro pode ser fatal para a flor de orquídea que você acabou de ganhar de presente.

Se optar por deixar sua orquídea em um vaso, é bom cuidar com o material escolhido. Os vasos de barro, apesar de serem mais caros, drenam melhor a água, ao contrário dos de plástico. Os vasos de barro facilitam a não encharcar a planta demais, pois o excesso de água para a orquídea pode causar o apodrecimento das raízes, fazendo com que provavelmente sua orquídea não sobreviva.

Também tente evitar aqueles pratinhos com água que ficam embaixo do vaso por eles também fazem com que as raízes fiquem bastante úmidas. Claro que tudo isso vai depender de vários fatores a serem analisados, como a frequência de regas que sua orquídea irá receber e também a quantidade em que irá ministrá-las. Receba um cursinho gratuito sobre as orquídeas com mais dicas sobre as regas: quantidade de água e frequência das regas.

Ganhei uma orquidea e agora o que ela vai precisar

Você também vai querer cuidar com a luminosidade que sua orquídea irá receber, tentando achar um bom meio termo entre o sol e a sombra. Muitas vezes o posicionamento errado de sua orquídea pode ser fatal. Então, a meia sombra é o ideal para que sua orquídea tenha o equilíbrio que precisa para se manter forte e saudável.

Também é preciso ter certeza que o substrato utilizado para a adubação de sua orquídea contém todos os nutrientes que ela precisa para se manter saudável e radiante. Muitas vezes podem ser feitas misturas de elementos para que a orquídea se nutra ainda mais do que quando utilizados adubos prontos.

Essas são apenas algumas dicas, bem rasas sobre como deve-se cuidar de orquídeas, mas existem muitos outros cuidados que são essenciais para o bem-estar de sua flor. Por isso, preparamos um cursinho totalmente gratuito para você com mais dicas sobre os cuidados essências com as orquideas, para te ajudar a ter uma flor linda e saudável por um longo período de tempo. Para que possamos lhe enviar o cursinho gratuito, por favor, nos informe seu e-mail no formulário abaixo:

Previous post:

Next post: