Orquidarios

Orquidarios

Orquidarios são os locais onde se cultiva, planta, e mantém orquídeas com as melhores condições de luminosidade, umidade, temperatura e adubação. Um orquidário não é somente aquele espaço enorme restrito a cultivadores experientes e colecionadores. Pelo contrário, orquidários podem ser montados até dentro de casa, no jardim ou quintal para o cultivo próprio de cada pessoa. Contudo, os maiores ainda são os comerciais e os que são dos jardins botânicos, em que nestes pode haver a venda de orquideas.

A maior dica para o cultivo de orquídeas é tentar proporcionar a elas as condições naturais do ambiente em que elas estão acostumadas a se desenvolver naturalmente, sadias e viçosas. E é esse o objetivo dos orquidários, eles são ambientes protegidos e propícios para o plantio e o cultivo de orquideas lindas.

Pelo fato da família das orquídeas ser enorme e muito diversificada, é difícil generalizar os cuidados para o cultivo. Algumas orquídeas se dão melhor em temperatura mais quente e outras em mais fria. Algumas gostam de muita luz, enquanto outras preferem a sombra, e assim vai. São milhares de diferenças entre as especies de orquideas, por isso é aconselhável a quem for montar um orquidário que escolha poucas espécies e que elas compartilhem dos mesmos cuidados, assim será mais fácil de proporcionar as condições ideais para todas.

Os orquidários são representações de beleza. Aglomerados de orquídeas crescendo e florescendo juntas, já conseguiu imaginar algo mais bonito que isso? Para os amantes dessa linda flor, orquidários são uma ótima opção. E para ajudar, nós criamos um cursinho GRATUITO que lhe ensinará tudo sobre orquídeas e os seus cuidados necessários. Para se inscrever é só deixar seus dados ao lado.

Montar um orquidario : pontos principais

Para montar um orquidario, o primeiro passo a ser pensado é quais espécies irá cultivar. Você precisa ter em mente que elas precisam ser parecidas, para que você consiga reproduzir apenas um tipo de ambiente.

Depois de escolher as espécies, decida onde ficará seu orquidário. Se as espécies escolhidas gostam de receber luz solar, providencie que tanto as que ficaram em prateleiras quanto as presas na parede ou penduradas no teto, recebam a luz. Se isso não for possível, improvise com luz artificial.

Se o orquidário for em um espaço aberto, proteja-o dos ventos fortes, pois isso não é muito bom para as orquideas. Você pode usar lonas ou telas tanto no teto quanto nas laterais para evitar a circulação forte do ar.

Orquidarios : algumas dicas

Os orquidarios são muito práticos. A primeira dica de usar lonas ou telas que falamos acima não serve para combater apenas o vento. Caso você cultive espécies que gostam de sombra, as telas também irão protege-las dos raios solares diretos, proporcionando o que chamamos de luz solar indireta, e normalmente é o que a maioria das orquídeas precisam.

Se por acaso alguma das suas orquídeas se contamine, evite que ela fique nos lugares mais altos, por exemplo, não a deixe pendurada ou em prateleiras altas, pois isso pode acabar infectando as que estão embaixo.

Você pode criar diversos espaços dentro do orquidário para que caiba várias orquídeas, além de que você pode explorar as diversas formas de plantio, como os vasos, os troncos secos nas paredes, vasos que ficam pendurados e também se quiser se aventurar a deixar algum espaço com grama e terra, utilizar-se do solo para plantá-las diretamente no chão.

Orquidários são muito versáteis e são a melhor opção para cultivo de quem possui um espacinho a mais em casa ou no jardim, pois as chances de suas orquideas se desenvolverem melhor e ficarem ainda mais bonitas é bem maior.

Nós sempre temos o interesse de lhe ajudar, então se você pensou agora “Quero um orquidário!” e não sabe muito bem por onde começar, disponibilizamos em nosso cursinho GRATUITO um passo a passo que ensina tudo para você saber como cuidar de orquídeas. É só colocar seus dados no link abaixo para se inscrever. Obrigada pela visita!

 

 

 

 

Previous post:

Next post: