Orquidea Negra

Orquidea Negra

 

A orquidea negra é uma raridade na família das orquídeas. Em geral, flores negras são difíceis de serem encontradas naturalmente. E quando falamos nas orquídeas, é ainda mais difícil, restando, praticamente, as desenvolvidas em laboratório.

Elas podem ser consideradas como orquídeas raras dentro do grupo Orchidaceae por conta de sua difícil reprodução, tanto natural quanto artificial. Muitas delas não conseguem nem criar híbridos férteis, o que impede também os cruzamentos. Elas nascem restritamente em locais específicos e quando estão à venda custam muitos milhares de reais.

A orquidea negra geralmente já é um resultado de cruzamentos entre outros tipos de orquídeas e isso é feito para conseguir a coloração escura, contudo já existem algumas espécies que nascem naturalmente negras.

A orquidea negra é uma orquídea exótica, diferente, com características únicas, e são a paixão dos cultivadores e colecionadores. Elas são apreciadas, porém muitas pessoas têm receio de cultivá-las pela fama de difícil cultivo. Por isso, criamos um cursinho que ensina através de um passo a passo como cuidar de orquídeas. Basta deixar seus dados no formulário abaixo para se inscrever.

Espécies de orquidea negra

A orquidea negra, apesar de serem raras, têm algumas de suas espécies conhecidas e que iremos lhe apresentar neste artigo.

A Fredclarkeara After Dark é uma espécie negra híbrida produzida a partir de múltiplos cruzamentos com o objetivo de conseguir a coloração. Além de ser rara entre as orquídeas, ela é rara de forma geral entre as plantas. Ela possui simetria perfeita, um ótimo perfume, é uma planta decídua, ou seja, perde suas folhas durante uma época do ano, exibindo apenas os pseudobulbos. Ela começa a florescer um ou dois anos após o início do cultivo.

A Maxillaria Schunkeana é uma orquidea negra originária do Brasil, podendo ser encontrada no Espírito Santo. Normalmente atinge 20 centímetros de altura, com flores de dois centímetros e sem perfume. A temperatura ideal para mantê-la é entre 10 e 35 graus. Essa grande variação climática é essencial para a floração, que dura cerca de 20 dias.

A orquídea Masdevallia Rolfeana é uma orquidea negra nativa da Costa Rica. Ela é epífita, de porte pequeno e com uma forte fragrância. Gosta de ser cultivada em clima temperado a frio, em áreas úmidas, e é uma espécie que floresce quase durante o ano inteiro, menos no verão. Quando é plantada em vaso, deve ser em vasos transparentes para que a luz solar consiga chegar nas raízes.

Orquidea negra : alguns cuidados

A orquidea negra , apesar de ser diferente, não é tão distinta quanto ao resto das orquídeas quando falamos em cuidados. Os dois fatores que mais influenciam no cultivo das orquídeas são a luminosidade e umidade.

Para a orquidea negra , a luminosidade deve ser baixa. É uma espécie que precisa de 60% de sombreamento durante o dia, apenas recebendo um pouco de luz indireta durante a manhã. Essa luminosidade normalmente é mais necessária para que ela consiga realizar a floração.

No caso da umidade, elas precisam estar em locais extremamente úmidos. Normalmente, elas nascem em locais perto de rios ou lagos, mas, quando não estão nesses lugares, é preciso recompensar com regas frequentes e abundantes. Os únicos momentos em que se deve reduzir as regas são nos períodos mais frios, em que as raízes conseguem reter por mais tempo a umidade.

Elas são muito apreciadas pela sua beleza excepcional, formato das flores e pela cor negra tão chamativa. Quem cultiva essa flor tem sua casa embelezada por muito tempo e, com certeza, não se arrepende do amor e dedicação depositados no cultivo dessa belíssima flor que é a orquidea negra. Como forma de agradecer pela sua visita, criamos um cursinho gratuito com dicas que ensinam como cuidar de orquídeas da melhor forma. E para se inscrever, é só deixar seu e-mail no formulário abaixo  lhe enviaremos ainda hoje a primeira aula do cursinho gratuito.

Previous post:

Next post: