Orquidias

Orquidias

 

Orquidias possuem atualmente mais de trinta e cinco mil espécies de orquidias na natureza. Não contando com aquelas que são híbridas, providas do cruzamento de espécies, que acabam gerando orquidias novas. Cada uma com características específicas.

orquidias

Essas lindas flores tem a capacidade de renovar a aparência de qualquer ambiente. Dito isso, nesse artigo vamos falar sobre algumas espécies e também dicas de como cuidar delas da melhor maneira possível. Fazendo com que estejam sempre saudáveis e se destacando, onde quer que estiverem sendo cultivadas.

Uma das orquidias que é bastante popular em todo o mundo, é a orquidia Cattleya. Sendo uma das espécies mais vendidas aqui no Brasil. Como é o caso de várias outras espécies, as cattleyas apreciam ambientes úmidos, que tenham uma ventilação boa e que possua luz indireta.

Já as phalaenopsis conseguem se desenvolver na grande maioria dos climas. Elas gostam quando existe bastante umidade no ar e que o ambiente possua uma boa luminosidade.

Porém, deve-se ter cuidado com suas folhas, pois são extremamente sensíveis, e podem acabar ficando com queimaduras em apenas questão de algumas horas à exposição direta no sol.

As orquidias Dendrobium necessita um pouco mais de cuidados, são mais frágeis, e geralmente sua floração dura certa de trinta dias. Porém, esse valor pode variar de acordo com o clima e temperatura de sua região.

Orquidias e o sucesso em seu cultivo

O que mais vai depender do sucesso na criação de suas orquidias, será conhecer bem a sua espécie. Cada uma possui necessidade específicas, que se não forem bem atendidas, podem levar sua orquidia à morte. Além disso, você deve explorar o melhor possível do ambiente em que for plantar sua flor. Achando o ponto onde tenha uma boa circulação de ar, boa luminosidade, sem receber muita luz direta, principalmente nos horários em que o Sol tende a ser mais forte, e também se certifique que a orquidia esteja recebendo a quantidade correta de regas, na frequência certa.

orquidias

Com isso, lembre-se que deve antes de qualquer coisa, reconhecer bem com qual espécie você está lidando, assim como o clima de sua região, para que o sucesso na criação de orquidias seja atingido.

Para auxiliar à todos que ainda possuem dúvidas sobre como cuidar de suas orquidias ou mesmo que não sabem direito como identificar a espécie que possui, abaixo deixamos formulário para você poder ter acesso a um passo a passo gratuito, que vai te ajudar a possuir orquidias sempre lindas e saudáveis. Não deixe de conferir! Se inscreva no formulário abaixo informando seu e-mail de contato e tenha acesso ao passo a passo gratuito:

Previous post:

Next post: