Como Replantar Orquídeas

Como Replantar Orquídeas

 

Como Replantar Orquídeas

Como replantar orquídeas é a dúvida de muitos cultivadores. Não é novidade que as orquídeas são muito conhecidas por suas lindas flores, que podem se das mais diversas formas, cores e tamanhos. Porém para que suas flores fiquem sempre lindas e saudáveis, é preciso cuidar delas corretamente. E uma das partes principais no cuidado é no momento de replantar a orquídea.

Muitas vezes é na execução dessa etapa que podemos observar o sucesso ou fracasso no cultivo de orquídeas. Afinal, a qualidade da execução desta etapa é o que vai decidir se a orquídea viverá ou não. O transplante é basicamente a transferência da planta de um recipiente a outro.

Geralmente, é feito por alguns motivos específicos como:

  • A planta não caber mais no vaso;
  • O desenvolvimento da planta dentro do recipiente utilizado não está adequado;
  • O recipiente caiu e quebrou;
  • Planta com doenças tipo podridões;
  • O substrato está velho demais.

Dito isso, é importante você saber bem o porquê de estar realizando o transplante, e também todas as peculiaridades da espécie da sua orquídea. Assim como conhecer bem o ambiente que a planta é cultivada, para que seja escolhido um recipiente que se adeque melhor ao nível de umidade, ventilação, iluminação que sua orquídea necessitará.

É bom realizar o transplante na época em que a orquídea está emitindo raízes novas, o que pode variar de acordo com a espécie. Realizar o transplante nesse período é melhor pois é quando o estresse emitido pela planta tende a ser menor e o período de recuperação é bem menor. A única exceção em que essa época pode ser desrespeitada é no caso de alguma emergência, como em casos de podridões.

É importante ressaltar que na maioria dos casos os recipientes devem ser proporcionais a orquídea, ela deve ter no máximo dois terços do tamanho de seu recipiente, para assim garantir o crescimento dos próximos dois ou três anos apenas naquele recipiente. Ao realizar a troca de recipiente da orquídea, também troque o substrato por um novo.

Essas são apenas noções básicas do transplante, e caso você queira se aprofundar em mais detalhes, nós deixamos um passo a passo gratuito para você, que vai te dar todas as dicas necessárias para cuidar bem de sua orquídea e realizar um transplante de maneira eficaz. Para receber guia gratuito, basta informar o seu e-mail no formulário abaixo:

Como Replantar Orquídeas Passo a Passo

Como Replantar Orquídeas

Como replantar orquídeas é um processo que inicia na preparação do espaço a ser utilizado para realizar o trabalho. Você deverá escolher um lugar de apoio com bastante espaço para colocar as orquídeas e as ferramentas das quais irá precisar. Se possível, escolha um local onde haja uma pia, água de fácil. É extremante importante que este espaço esteja muito bem limpo.

As ferramentas a serem utilizadas também precisam estar limpas e também esterilizadas. Você irá precisar de luvas, um vaso novo, substrato (os substratos mais comuns para orquídeas são musgo esfagno, casca de árvore, pedaços de carvão e brita), tesoura de poda ou faca esterilizada, selador de poda ou antifúngicos em pó.

Para replantar uma orquídea o primeiro passo é retirá-la do vaso e limpá-la, separar bem o substrato, retirar as raízes que estiverem velhas, secas ou até podres. Utilize o selador de poda ou antifúngico em pó, colocando um pouco sobre os lugares onde você fez os cortes das raízes para que estes lugares cicatrizem bem.

O passo seguinte é preparar o novo vaso, colocando algumas pedras no fundo. Em seguida, coloque a orquídea no novo vaso e preencha com o substrato, inclusive nas laterais para deixar a orquídea firme no novo vaso.

Se desejar, você pode conferir mais informações sobre a poda e o transplante de orquídeas no guia gratuito do professor Alberto. Informe o seu e-mail no formulário abaixo e lhe enviaremos mais dicas sobre como cuidar de orquídeas.

Previous post:

Next post: