Orquidea de chão

Orquídea de chão é mais fácil de cuidar do que as epífitas? Essas flores encantadoras são divididas em três categorias, podendo ser epífitas, que nascem em árvores; rupícolas, que nascem em rochas; ou terrestres, que se desenvolvem no solo.

As orquídeas terrestres são as chamadas orquídeas de chão, são plantadas como a maioria das outras flores, então sim, elas são mais fáceis de cuidar do que as epífitas. Essas orquídeas são geralmente mais resistentes ao clima e podem ser plantadas tanto no solo como em vasos.

Orquídea de chão – exemplos

Alguns exemplos de orquídeas terrestres são a arundina, a spathoglottis, cymbidium, a paphiopedilum e ludisia. A seguir, vamos falar um pouco sobre as características de cada uma e depois sobre como cuidar de orquídeas terrestres.

A orquídea arundina, mais conhecida como orquídea bambu, tem hastes que podem chegar até dois metros de altura. Nas pontas das hastes é onde abrem as flores, geralmente brancas com o labelo roxo. Essa é uma orquídea que ama sol, diferente da maioria, e suporta bem a exposição às chuvas. Por isso, é muito utilizada no paisagismo, especialmente na entrada de prédios. Essa é uma orquídea que tem como característica abrir as flores um pouco de cada vez, isso permite que seu período de floração seja muito longo. Quando ela recebe os nutrientes necessários e luminosidade adequada, ela é capaz de florescer o ano todo.

Assim como a orquídea bambu, a spathoglottis, ou mais conhecida como orquídea grapete, adora sol e também é muito usada para decoração tanto de ambientes internos quanto externos. Além de ter um perfume delicioso de uva, ela dá flores por longos períodos.

Orquidea de chão

A cymbidium é uma orquídea típica do inverno. Nesta estação, ela abre muitas flores robustas e suas folhas verdes são finas e alongadas. Elas são capazes de deixar o sua floreira e seu jardim bastante coloridos no inverno. É possível encontrar de diversas cores, como rosa, amarela e verde.

A paphiopedilum é popularmente conhecida como sapatinho ou queixuda e pode ser encontrada de cores diferentes, mas principalmente em tons de marrom, branco e detalhes em amarelo. Uma grande vantagem da orquídea sapatinho é seu crescimento rápido e a enorme quantidade de flores que abre ao mesmo tempo.

A orquídea ludisia é um charme a parte. Seu nome popular é orquídea pipoca, pois suas flores são muito brancas e com o labelo amarelo, se parecendo muito com o milho pipoca que acaba de estourar na panela. Contudo, o principal diferencial dessa orquídea em relação às demais são as folhas que mesclam tons muito escuros de verde e roxo. Mesmo quando esta orquídea está sem flores, a sua folhagem é capaz de embelezar os ambientes. Por isso, é muito comum encontrarmos essa orquídea plantada em vasos  colocadas próximo às janelas ensolaradas da sala ou escritórios.

Orquídea de chão – cuidados gerais

Orquidea de chão

Ao invés de casca de pinus, musgo esfagno, essas orquídeas gostam de terra, a mesma terra que utilizadas em hortas. Essas orquídeas, assim como a grande maioria das espécies terrestres, gostam de um substrato constantemente úmido e com bastante matéria orgânica, como cascas de frutas e borra de café que servem de adubo a elas. O ideal é molhar a sua plantinha a cada três ou quatro dias, sendo necessário aumentar a frequência das regas no verão.

Ao plantar as orquídeas terrestres, o ideal é misturar a terra para hortas e areia para melhorar a drenagem da água. É muito importante um meio que proporcione a drenagem adequada da água, especialmente se suas orquídeas terrestres estiverem plantadas em vasos sem furos, para evitar que o meio fique encharcado e, como consequência, evitar o apodrecimento das raízes.

As orquídeas terrestres gostam de luz solar e, em geral, são plantinhas que se adaptam facilmente a qualquer ambiente, e por isso são muito requisitadas por iniciantes e até cultivadores profissionais.

Suas plantinhas merecem os melhores cuidados e por isso elaboramos um material gratuito com dicas essenciais sobre o cultivo de orquídeas. Para ter acesso ao material gratuito, informe o seu e-mail logo abaixo:

Orquídea grapete: que flor é essa? É um nome diferente para uma orquídea, não é mesmo? Você com certeza já deve ter ouvido falar que as orquídeas, em geral, são flores de difícil cultivo, que precisam de muitos cuidados e não se adaptam facilmente, mas isso não é verdade.

orquidea grapete cheirinho de uva

Por isso, nesse vídeo vamos falar sobre essa orquídea que apesar de parecer exótica, não precisa de cuidados exagerados em seu cultivo! Com tons violeta e alguns detalhes em amarelo, a orquídea uva chama a atenção de muitos botânicos, não apenas por ser de fácil cultivo, mas também por sua beleza deslumbrante. Estamos conhecer a orquídea grapete, também chamada de orquídea cheiro de uva.

Orquídea Grapete: características

A orquídea grapete recebe esses dois nomes por conta da sua coloração e aroma que lembram a uva, fruta que na língua inglesa é chamada de Grape. O nome científico da orquídea grapete é spathoglottis unguiculata, é nativa dos países do sudeste da Ásia e do oceano Pacífica.

orquidea grapete cheirinho de uva

A orquídea grapete é uma orquídea terrestre, faz grandes touceiras e podem chegar a um metro de altura. Suas folhas são grandes, compridas, plissadas e chamam muito a atenção por seu verde vivo e estonteante. Suas flores medem aproximadamente quatro centímetros, possuem a coloração das pétalas que varia entre roxo e rosa e o labelo que é amarelo. No período de floração se abrem cinco a seis flores por haste.

Essa orquídea é muito conhecida por decorar jardins de empresas, lojas e principalmente residências, dando um toque colorido e perfumado em qualquer ambiente.

Apesar de ser muito usada para decorar espaços, a orquídea grapete é uma florzinha como qualquer outra, que precisa de atenção e carinho para poder crescer com muita beleza.

Deseja saber mais características das orquídeas? Preparamos um cursinho gratuito com muitas dicas para você. Para receber nossas dicas, informe seu e-mail de contato no formulário abaixo:

Orquídea Grapete: como cuidar

A orquídea grapete pode ser cultivada tanto em jardins, como dentro de casa, necessitando de um pouco de sol todos os dias. O ideal é deixá-la pegando sol nas primeiras horas da manhã, entre sete e nove horas.

Como é uma planta terrestre, a grapete se desenvolve melhor sendo plantada no solo com uma mistura de areia, terra e composto orgânico ou em vasos com um substrato composto de terra e húmus de minhoca (é possível colocar um pouco de casaca de pinus na mistura). Se sua orquídea estiver plantada no solo, é recomendável que adicione um pouco de farinha de osso mensalmente para auxiliar na nutrição da planta. Caso prefira a adubação foliar, borrife o adubo NPK 20-20-20 diluído em água nas folhas semanalmente, de preferência de manhã cedo ou no fim da tarde quando o sol não é muito forte. Uma dica importante é não adubar a planta no seu período de dormência, geralmente durante o inverno.

Essa orquídea gosta de solo úmido, mas não encharcado, portanto, regue-a ao menos de três a quatro vezes por semana para que ela se mantenha úmida. Caso a sua orquídea grapete esteja plantada em vaso, não coloque o pratinho embaixo, pois ele mantém a água parada nas raízes da orquídea e isso pode apodrecê-las.

Dando os cuidados adequados, a orquídea uva poderá dar lindas flores o ano todo, mas principalmente se estiver na primavera ou verão. Essa plantinha geralmente floresce em estações mais quentes e esse período dura de trinta a quarenta e cinco dias.

Se você gostou das nossas dicas e deseja continuar aprendendo sobre cuidados com as orquídeas, não deixe de participar do nosso cursinho. Comece a receber nossas dicas hoje mesmo, basta informar o seu e-mail logo abaixo:

Orquídea Artificial Faz o Mesmo Efeito da Orquídea Natural?

dezembro 27, 2019

Orquídea artificial faz o mesmo efeito da orquídea natural? Para quem considerar a orquídea apenas como um objeto de decoração, pode ser que sim. Sabemos que as orquídeas são flores únicas e, que além de serem muito bonitas, deixam qualquer ambiente mais elegante. As orquídeas são facilmente reconhecidas pela variedade de formatos, cores e mesmo […]

Read the full article →

Orquídea Branca Peristeria: a flor do Espírito Santo

dezembro 24, 2019

A orquídea branca peristeria é mais um gênero de orquídea entre as mais de trinta e seis mil espécies de orquídeas catalogadas no mundo e esse número só aumenta. Cada espécie tem características únicas e, além de serem flores perfeitas para decoração, são companheiras fiéis que proporcionam muita alegria para quem as cultiva! Essa orquídea […]

Read the full article →

Orquídea Chocolate Branco Existe?

dezembro 21, 2019

Orquídea chocolate branco existe? Está uma dúvida que surge sempre quando descobrimos algumas orquídeas que são caracterizadas pelo forte aroma que exalam e que lembram o sabor de algum alimento, algum doce. Além da sua beleza e diversidade das orquídeas, algumas orquídeas possuem um perfume discreto, já outras tem um aroma mais marcante, como é […]

Read the full article →

Mini orquídeas: cuidados essenciais

dezembro 18, 2019

As mini orquídeas chamam muito a atenção pelo fato de serem pequenas e discretas. Assim como aquelas orquídeas maiores, as mini orquídeas também contam com diferentes formatos, com várias folhas (estas bem pequenas) e hastes. As mini orquídeas são flores de pequeno porte, que medem entre cinco milímetros e quarenta centímetros e podem ser encontradas […]

Read the full article →

Orquídea Olhos de Boneca: Como Plantar o Keiki

dezembro 15, 2019

Orquídeas olhos de boneca são únicas, que deixam qualquer ambiente mais bonito e encantam a todos com a quantidade de flores que abrem ao mesmo tempo. Algumas orquídeas são muito simples de serem cultivadas, e se adaptam facilmente fora de seu habitat natural, como é o caso da Dendrobium Nobile, mais conhecida como orquídea olho […]

Read the full article →

Orquídea sapatinho ou queixuda: qual o nome certo?

dezembro 12, 2019

Cada orquídea sapatinho tem uma beleza única que deixa qualquer ambiente mais encantador. O seu formato bastante diferenciado das demais orquídeas e as cores em tons rosados e terrosos mesclados com a cor branca, dão um toque delicado ao jardim ou ao ambiente interno que estejam decorando. A primeira curiosidade em relação à orquídea sapatinho […]

Read the full article →

Orquídea Negra: é mais protegida do sol?

dezembro 9, 2019

A orquídea negra realmente chama a atenção dos botânicos e cultivadores ao redor do mundo por sua coloração escura, que faz dela uma orquídea rara. As orquídeas raras são aquelas mais difíceis de serem encontradas na natureza e, em alguns casos, exigem cuidados redobrados em seu cultivo! Mas esse não é o caso da Maxillaria […]

Read the full article →

Orquídea Bambu: Como Fazer Mudas?

dezembro 6, 2019

As orquídeas bambu são flores de personalidade única, que alegram qualquer ambiente, além de deixa-lo mais bonito e elegante, especialmente para dar aquele toque a mais em jardins. A Orquídea Bambu também conhecida como arundina graminifolia, é popularmente chamada assim por conta da semelhança de seu caule com um bambu. Essa orquídea, em particular, é […]

Read the full article →