Orquídea Vanda Como Cuidar

Orquídea Vanda Como Cuidar

Orquídea Vanda Como Cuidar

Orquídea vanda como cuidar dessa flor de beleza peculiar? Isso é o que vamos conferir neste artigo.

A orquídea vanda é mais facilmente encontrada nas montanhas do norte da Austrália, Himalaia, Índia, Filipinas e sul da China. Esta orquídea é uma epífita e sua principal característica as raízes que ficam aéreas. Elas crescem de forma monopodial, folhas geralmente finas e alongadas.Dependendo da espécie do gênero vanda, essas folhas podem ser suculentas ou achatadas.

Já as flores dessa orquídea são de variadas cores: roxas, rosas, amarelas, branca, entre outras. A floração pode acontecer até quatro vezes ao ano e suas flores duram cerca de 3 semanas. A seguir, vamos conhecer mais sobre a orquídea vanda como cuidar bem dela para que você seja retribuído com lindas flores.

Orquídea Vanda Como Cuidar desta Flor

Orquídea Vanda Como Cuidar

Um dos principais fatores que influenciam a floração da orquídea vanda é a luminosidade. A vanda gosta e precisa receber bastante luz todos os dias. O local onde você vai colocar sua orquídea fará toda a diferença. Além de ser um lugar com bastante luminosidade, deve ser um local com boa ventilação para auxiliar na prevenção de doenças já que o vento é capaz de fazer uma “limpeza” de micro-organismos.

A orquídea vanda também precisa ficar em um local de alto nível de umidade e que as temperaturas tenham grande variação entre o dia e noite. As vandas são capazes de suportar muito bem a variação de temperaturas, aguentam variações de 12ºC a 40ºC.

Outro fator importante no cultivo de vandas é a adubação. Adubos orgânicos são sempre os mais recomendáveis, são completos, simples de serem aplicados às orquídeas e também são uma forma natural de nutrição à planta. Já se preferir a utilização de adubos químicos, o ideal é borrifar adubo NPK na proporção 15-30-15 uma vez por semana em ambas as faces das folhas. Recomenda-se a aplicação do adubo sempre de manhã cedo ou então no fim da tarde, períodos em que o sol não é tão intenso. Uma observação importante é que evite a adubação das orquídeas durante a floração, pois o tratamento pode fazer as flores murcharem mais rapidamente.

Orquídea Vanda Como Cuidar em Casa

Orquídea Vanda Como Cuidar

Para cultivar a orquídea vanda em casa, o melhor é coloca-la próxima a uma janela, na sacada, ou quando possível, no jardim. São esses locais que mais facilmente vão proporcionar a luminosidade, ventilação e temperaturas adequadas ao cultivo de orquídeas vandas. O melhor é poder manter as orquídeas no local que mais se assemelhe ao habitat natural delas, por isso, as vandas se adaptam muito bem ao clima tropical, predominante no Brasil.

É natural que quem deseja cultivar as orquídeas em casa deseje cultivá-las em vasos. No caso da orquídea vanda, o ideal é que elas fiquem suspensas, levemente agarradas a troncos de árvores ou então em pequenos suportes que permitam as raízes ficarem completamente expostas.

As regas devem ser regulares, molhando sempre as raízes. O melhor momento para regar a orquídea vanda é pela manhã, pois a planta absorve melhor a água ao longo do dia. Contudo, nos dias mais quentes, a absorção da água tende a ser mais rápida, portanto, pode ser necessário regá-la no fim da tarde também. Observe que assim como a adubação, as regas são realizadas nos momentos cuja a intensidade da luz é mediana para baixa, mas nunca à noite ou no meio-dia.

Para quem cultiva vandas em apartamento e casas, é essencial o cuidado com a luminosidade. Se a orquídea vanda não receber a devida luminosidade, as folhas tendem a ficar mais escuras, diminuiu a frequência da floração e a planta fica mais suscetível às doenças.

Gostou dessas dicas? Se desejar saber ainda mais sobre como cuidar de orquídeas, se inscreva em nosso cursinho gratuito. Para receber as 10 aulas nos cursinho gratuito, informe seu e-mail no formulário abaixo:

Previous post:

Next post: