Phalaenopsis Como Cuidar

Phalaenopsis Como Cuidar

Como Cuidar de Orquídea Phalaenopsis

Phalaenopsis como cuidar dessa linda flor sem antes conhece-la? Difícil, não é mesmo? Portanto, antes de mais nada, vamos falar um pouco sobre esta orquídea.

Se você observar atentamente para flor da orquídea phalaenopsis perceberá que seu formato lembra uma mariposa. Mariposa, em grego, é “phalaina”; “ópsis”, visão. Relacionado esses fatores, a flor recebeu o nome pelo qual a conhecemos até hoje: phalaenopsis. Essa flor também é conhecida por orquídea borboleta.

As phalaenopsis são originárias do continente asiático, das suas florestas tropicais, onde elas podiam agarra-se nas árvores com suas raízes a fim de se proteger da luz solar direta e aproveitar melhor a umidade do local. Neste gênero de orquídeas, já são conhecidas aproximadamente 50 espécies, sendo elas em grande parte epífitas.

A planta da orquídea phalaenopsis é caracterizada por apresentar um caule muito pequeno, do qual cresce uma haste que dará a floração; folhas grandes e suculentas; raízes longas, grossas e flexíveis.

Phalaenopsis Como Cuidar dessa Orquídea

Como Cuidar de Orquídea Phalaenopsis

A melhor maneira de cultivar uma orquídea é sempre fazendo com que o ambiente em que ela se encontre seja o mais parecido possível com seu habitat natural. A partir do vimos logo acima já podemos entender que a orquídea phalaenopsis gosta de ambientes com temperaturas elevadas, alto índice de umidade e não aprecia a luz solar direta.

Analisando item por item, vamos começar pela temperatura. Para o cultivo de orquídeas phalaenopsis, o ideal são temperaturas entre 28ºC e 35ºC durante o dia e entre 20ºC e 24ºC à noite. Já com relação à umidade, é importante que o ambiente tenha entre 50% e 70% de umidade. No que tange a luz solar, o filtro é essencial. Essa orquídea não gosta da luz solar direta, portanto é importante filtrá-la para que o nível de luminosidade fique entre 40% e 80%.

Outros cuidados essenciais no cultivo de orquídeas phalaenopsis são em relação ao substrato, regas e adubação. No mundo das orquídeas, os substratos devem sempre proporcionar a drenagem. No caso de phalaenopsis, boas opções para compor o substrato são casca de pinus, palaha de fibra de coco, brita e semente de açaí.

O substrato não pode ficar seco, portanto atente-se às regas que são mais frequentes se compradas a outras espécies de orquídeas. Regue sua phalaenopsis uma vez por dia, preferencialmente no início da manhã ou no fim da tarde. Nestes momentos do dia, os estômatos (que ficam na parte inferior das folhas) estão abertos, então acabam absorvendo melhor a umidade.

A adubação das orquídeas phalaenopsis deve ser regular. Para o período de manutenção e crescimento, uma boa opção são os adubos NPK na proporção 10-10-10 ou 20-20-20. Adubos orgânicos são sempre uma excelente alternativa, já que são compostos naturais. Se for utilizar este tipo de adubo, a mistura de torta de mamona, farinha de osso e cinzas de madeiras são ideais para as orquídeas phalaenopsis.

Phalaenopsis Como Cuidar na Floração

Como Cuidar de Orquídea Phalaenopsis

O período de floração é sempre o mais esperado, ocorre usualmente na primavera e no verão. Suas flores duram entre 3 e 4 meses.

Nesta época, evite a adubação das orquídeas. Utilize apenas fertilizantes específicos para o período de floração, borrifando um pouco apenas, uma vez ao mês.

Também evite o replantio da orquídea, podas, fazer mudas. Na época de floração, o ideal é deixar a planta apenas florindo mesmo. Deixe as demais atividades a serem realizadas em outros períodos, como período de dormência.

As flores da orquídea phalaenopsis são relativamente grandes, são muito viçosas e podem apresentar as mais variadas cores, como branca, amarela, laranja, rosa, lilás, entre outras. Sem contar as orquídeas que passam por manipulação na cor, como é o caso da orquídea azul. Deseja saber mais sobre elas? Preparamos dicas especiais sobre o cultivo de orquídeas. Para receber nossas dicas gratuitas, nos informe seu e-mail logo abaixo:

Previous post:

Next post: