Podar Orquídea

Podar orquídea

podar orquídea

Podar orquídea é essencial para que haja a renovação da planta, de forma que elas permaneçam saudáveis e com boa aparência. Contudo, as dúvidas que sempre surgem são: quando e como podar orquídea. Neste artigo, vamos tentar ajudar a esclarecer um pouco essas duas questões.

Podar orquídea – quando?

podar orquídea

Podar orquídea é uma tarefa a ser realizada apenas após o período de floração. Após as flores de sua orquídea murcharem e caírem, será a hora de observar se sua orquídea necessita de poda.

Isso mesmo, nem sempre as orquídeas precisam ser podadas. Observe sempre a haste de floração. Se a mesma estiver seca, então será necessário cortar essa haste. Porém, se ela estiver ver ou apenas com a ponta da hasta amarelada, então não precisa podar.

As phalaenopsis, por exemplo, são capazes de florescer duas vezes pela mesma haste. Então, faça esse teste observando a cor da haste após concluir o período de floração da sua orquídea.

Contudo, algumas orquídeas tem pontos de corte da poda em lugares diferentes. Veremos mais adiante nesse artigo sobre algumas espécies mais comuns aqui no Brasil.

Se você desejar conhecer mais cuidados com as espécies de orquídeas, participe do cursinho gratuito eu oferecemos. Informe seu e-mail abaixo e lhe enviaremos a primeira aula em seguida:

Podar orquídea – como?

Conforme comentamos logo acima, é necessário podar orquídea, a haste de floração especificamente, e isso deve ser feito da maneira correta.

Continuando a falar da orquídea phalaenopsis, espere até que a flor morra. Para não causar tanto dano à planta, você pode esperar até que a haste mostre sinais de amarelamento em todo o seu comprimento. Localize um botão inativo e corte cerca de 6 centímetros acima dele. Você fazendo isso vai permitir que o botão comece a crescer novamente. Você provavelmente verá novos brotos algumas semanas depois.

Se você possui uma orquídea oncidium, espere até que as flores murchem. As flores duram cerca de oito semanas, então espere até elas morrerem e o caule estar amarelado também. Corte a haste o mais próximo do pseudobulbo, deixando uns 2 centímetros de distância. Tenha cuidado para não se cortar e não cortar o pseudobulbo.

Para as cattleyas, as flores devem ter começado a amarelar. Localize a bainha, que será verde ou marrom. A função dela é proteger os botões imaturos. Se certifique de que é uma bainha antiga. Se você não ver nada no topo dela, com cuidado, aperte ela para verificar se não há brotos saudáveis dentro. Veja onde essa bainha encontra o caule e corte. Cuidado com o pseudobulbo.

Nas orquídeas dendrobium, as flores devem estar murchas, e você deve cortar a espiga da flor, que começa na ponta do caule, acima do conjunto superior de folhas. Essa espiga geralmente é marrom. Ela não tem folhas, e assim é mais fácil de identificar onde começa o caule.

Deseja continuar aprendendo como cuidar de orquídeas, acesse o passo a passo gratuito do prof. Alberto sobre como cuidar de orquídeas. Informe o seu e-mail abaixo e receba as dicas:

Previous post:

Next post: